Aprenda a gostar de você!

Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

A idade vai chegando e, com o passar do tempo, nossas prioridades na vida vão mudando.
A vida profissional, a monografia de final de curso, as contas a pagar.
Mas uma coisa parece estar sempre presente, a busca pela felicidade, com o amor da sua vida.
  
 
 
  
Desde pequenas ficamos nos perguntando “quando será que vai chegar?”
E a cada nova paquera, vez ou outra nos pegamos na dúvida “será que é ele?”
Como diz meu pai: “nessa idade tudo é definitivo”, pelo menos a gente sempre achava que era.
 
 
 
 
Cada namorado era o novo homem da sua vida.
Fazíamos planos, escolhíamos o nome dos filhos, o lugar da lua-de-mel e, de repente: PLAFT!
Como num passe de mágica ele desaparecia, fazendo criar mais expectativas a respeito “do próximo”. 
Você percebe que cair na guerra quando se termina um namoro é muito natural, mas que já não dura mais de três meses.
 
 
 
 
 
 
 
 
Agora, você procura melhor e começa a ser mais seletiva.
Procura um cara formado, trabalhador, bem resolvido, inteligente, com aquele papo que a deixa sentada no bar o resto da noite.
Que tenha brilho próprio e maneira especial de viver.
 
 
 
  
 
 
 
Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que jogue “imagem e ação” e se divirta como uma criança, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando você está de short, camiseta e chinelo.
 
 
 
 
 
 
 
 
A liberdade, ficar sem compromisso, sair sem dar satisfação, já não tem o mesmo valor que tinha antes.
A gente inventa um monte de desculpas esfarrapadas, mas continuamos com a procura incessante por uma pessoa legal, que nos complete, e vice-versa.
E enquanto tivermos maquiagem e perfume, vamos à luta.
 
 
 
 
 
 
 
 
Mas o melhor dessa parte é se divertir com os amigos, rir até doer a barriga, fazer aqueles passinhos bregas de antigamente e curtir o som.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Olhar para o teto, cantar bem alto aquela música que você adora, brincar de descobrir desenhos em nuvens ( como dizem meus amigos do Jota Quest …), correr sob o sol e contra o vento … Sorrir , dançar , viver.”
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Com o tempo, voce vai percebendo que para ser feliz com
uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele cara que você ama (ou acha que ama), e que não quer nada com você, definitivamente não é o homem da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas… é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final , você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você! ”

Mario Quintana

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche”

 

Desconheço a autoria, mas o texto é tão condizente com o momento que estou vivendo, retrata tão bem os meus anseios – e o de algumas amigas – que postei! 

Não sou santa e estou bem longe de fazer tudo certo, mas estou aprendendo a dar mais importância ao meu bem estar do que a qualquer outra coisa. Quero conviver bem  comigo mesma e com minhas atitudes. Poder colocar a cabeça no meu travesseiro e dormir tranquila, sem ficar pensando: “putz, por que eu fiz essa merdinha?” – Sim, já ganhei inúmeras vezes o TROFÉU FAZ MERDINHA da ESTRELA. Mas a fase mudou, graças a Deus! Acho muito mais vantajoso ir pra balada e ficar no 0x0 (zero a zero) do que o – 1 (menos um) = ficar com alguém (para provar não sei o que, para não sei quem) e essa pessoa não me acrescentar NADA de bom. Isso sim, seria triste e degradante.

Pra mim,  já não basta só ter alguém, tem ser O ALGUÉM. E pouco importa se dizem: “tão bonitinha, inteligente e solteira. Que peninha, vai ficar encalhada! … ou você tá escolhendo demais, hein?” … antes só, feliz e cheia de paz, do que acompanhada e em guerra, inclusive comigo mesma.

E de carona no post anterior, afirmo que sou o meio-termo entre Princesas do tipo clássicas e Princesas do tipo Fiona, ahahaha!  Moderna, porém não muito. Ainda sonho, não com o príncipe, nem com UM amor – mas com O AMOR.

 

Anúncios
Deixe um comentário

8 Comentários

  1. Danny

     /  27/07/2012

    É muito difícil “aconselhar” e todos os conselhos referentes a este assunto, parece sempre clichê.
    Mas a verdade é essa mesmo: seja você, faça tudo por amor e dê valor a quem te ama. As borboletas no estômago não aparecem todos os dias, mas faça algo pra que elas voltem de vez em quando.

    Beijos, Angel!

    Responder
  2. Ana N.

     /  27/07/2012

    Lindo texto e gostei muito da sua analise! É isso aí, nada de ficar com porcaria pra nao ser chamada de solteirona. Gente, cada dia gosto mais desse blog. Rs beijo e bom fds

    Responder
  3. Carolina Marques

     /  27/07/2012

    Concordo! Os homens não se preocupam em ter qualidade já que a oferta de mulher tá demais. Apesar de alguns deslizes tb tento me poupar.

    Responder
  4. Giulia Brandão

     /  27/07/2012

    Concordo com a Danny sobre ser clichê dar conselho desse tipo! Mas o caso nem é esse, pelo o que entendi o foco está sobre querer o melhor pra gente mesmo.

    Responder
  5. Pedro

     /  27/07/2012

    hauhauhauahauahua escolhem escolhem e vou ficar pra escolha hauhau

    Responder
  6. Isabela Chagas

     /  30/07/2012

    Amiga…. Vc me descreveu!!!!rsrsrsrsrs, estamos na mesma!!! Bjus e amo muito…

    Responder
  7. Gabrielle

     /  24/06/2013

    Se esse TROFÉU FAZ MERDINHA da ESTRELA falasse…. rs! Adorei o Post! Bjo
    .

    Responder
  8. adriane ambrosio almeida

     /  15/08/2013

    Adorei! e o que acontece com muitas de nós.

    Responder

Comenta aqui, gente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: