Sugar Free!

Hello people! Tudo bem com vocês?!

Bom, o post de hoje é um pouco diferente, mas acho que é válido!

Minha irmã está grávida e só para variar estava com o desejo mega de comer Pudim de Leite Condensado. Seria um desejo simples de ser realizado, não fosse por um pequeno, porém importantíssimo, detalhe: ela foi diagnosticada com Diabetes Gestacional, logo necessita seguir uma dieta restritiva de açúcar

Como é uma coisa  inusitada e inesperada na minha família, resolvi compartilhar com vocês alguns pontos que facilitam o nosso convívio com a grávida que precisa de cuidado e atenção especial. E se caso acontecer com vocês ou com alguém que vocês conheçam – tomara que não – vocês já terão alguma noção do que se trata.

 

 

Diabetes Gestacional:  é um problema que surge durante a gravidez. A mulher fica com uma quantidade maior que o normal de açúcar no sangue. É uma condição que quase sempre se normaliza sozinha depois que o bebê nasce – ao contrário de outros tipos de diabete, que duram a vida inteira. O principal problema do excesso de açúcar no sangue é que ele atravessa a placenta e chega ao bebê, o que pode fazer com que ele cresça demais. Um bebê muito grande pode dificultar o parto, e aumenta a probabilidade de você precisar de uma cesariana. O bebê também fica mais propenso a ter icterícia e hipoglicemia após o parto, e a apresentar problemas respiratórios. O volume de líquido amniótico também pode aumentar demais. Sempre vale ressaltar a importância de procurar medico e iniciar desde cedo o pré-natal! Clique aqui para saber mais.

 

 

O alimento diet é aquele produzido industrialmente e que apresenta ausência ou quantidades bem reduzidas de determinados nutrientes (carboidratos, açúcar, sal, lactose, gordura). Nem sempre os alimentos diet apresentam baixas calorias. São criados para indivíduos que devem seguir uma dieta baseada na restrição ou redução de um determinado nutriente. Exemplo: uma pessoa com problema de taxas altas de triglicérides, deve consumir alimentos com pouca quantidade de carboidratos.

O alimento light é aquele produzido com redução de no mínimo 25% do valor calórico em comparação ao produto tradicional . São também considerados ligth àqueles que reduzem, no mínimo, 25% de determinados nutrientes (gordura saturada, gordura total, açúcar, colesterol, sódio). Exemplo: uma pessoa obesa, que precisa perder peso, deve optar por produtos light com baixos teores de gorduras e açúcares.

 

E como ninguém quer que meu sobrinho nasça com carinha de pudim, a solução foi fazer um Pudim de Leite Condensado DIET –  confiram a receita:

1 lata de leite condensado Diet – disponível nos supermercados.

1 lata de leite desnatado

3 ovos grandes

3 colheres de sopa de adoçante culinário

Modo de preparo: 

Bata todos os ingredientes no liquidificador, unte uma forma redonda – de furo no meio – com margarina e despeje a massa.

Asse em banho-Maria por aproximadamente 1 hora.

Deixe esfriar e desenforme.

Calda: 

1 xícara de adoçante culinário.

Modo de preparo:

Em fogo baixo, deixe dourar e engrossar um pouco.

Expectativa:

Realidade – ahahahaha ah vai, o que vale é intenção. Obs: não sei onde a calda foi parar, acho que a massa sugou!

Eu não comi, mas ela disse que estava bom!

Um ótimo  domingo a todos.

😉

Anúncios
Deixe um comentário

Comenta aqui, gente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: