Pra sempre, demais, até daqui a pouco, até nunca mais.

O celular toca, vejo o nome no visor e decido se vou atender. Nesse caso, atendo.

– Oi friendaaaa.

– Amiga, eu tô arrasada. Tô muito triste mesmo.

– Noooooooooossa, o que houve?

– Terminei o meu namoro.

Ah tá, achei que tinha acontecido alguma coisa realmente importante e grave.

– Não zoa. Dessa vez é para sempre e toda a eternidade! Ele fez isso, eu fiz isso, nós fizemos isso. Você não acha que eu estou coberta de razão?

– Calma, as coisas não são tão definitivas assim. Tira um tempo só pra você. Que tal um dia de princesa no salão de beleza, uma volta no shopping, um cineminha?

– Calma? Você está pedindo que eu aceite o que ele fez?

– Estou te pedindo calma. 

– Calma o C*&^#@! Não quero ver o fulano nem pintado com os algorítimos da Louis Vuitton!

– Aham Cláudia, senta lá.

– Não estou blefando, minha decisão é super definitiva. Odeio ele com todas as forças do meu coração.

– Sei! Compreendo perfeitamente. Só por acaso, você não está na TPM?

– É sério, tô com preguiça dele e de todos homens. Vou virar freira.

Ok Maria do Bairro. Vou te apoiar, seja qual for a sua decisão.

– Eu sabia que você me entenderia. Estou até mais leve agora. Beijos.

Que isso?! Disponha! Vai dar tudo certo. Kisses.

Três dias se passaram, o celular tocou e eu atendi.

Frienda! Ia mesmo ligar pra saber como você está. Tá melhor?

– Estou em êxtase, radiante! Ah, como é bom estar apaixonada.

Ahm?! Cuma?! 

–  Felicidade é o meu sobrenome.

–  Ah que delícia! Mas me conta, outra paixão?! Já?! Que parte eu perdi?!

– Eu redescobri o amor.  Fulano é o homem da minha vida.  Vamos recomeçar do zero.

Então reataram, coisa boa! Folgo em saber que o pra sempre pode ser transformado em um daqui a pouco, como em um passe de mágica. A propósito, devo parar de planejar as visitas ao convento?! 

– Tá! Você tinha razão, não era nada tão definitivo mesmo. A única certeza absoluta, é que vou me casar com ele e você vai ser madrinha. Vou ter lindos filhinhos e ser feliz pra sempre!

– Aguardarei ansiosamente as cenas dos próximos capítulos.

Observações importantes:

No caso, o feliz pra sempre dura até a próxima crise existencial com juras de ódio eterno!

Texto baseado em fatos reais.

Uma singela homenagem a 2 friendas muito queridas.

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

4 Comentários

  1. Jana Simão

     /  22/02/2012

    Beeeeem isso mesmo!!! Isso quando agente que é a “ruim” que tenta ajudar, mas acaba virando a grande “inimiga” da relação “pra sempre” kkkk Mulheres!!! tsc tsc ! =]

    Responder
  2. Renata

     /  28/02/2012

    kkkkkkkkkkkkk….tive um Déjà vu!!!! kkkk…e posso saber quais amigas são essas que vc dedicou esse post???
    rsrsrsrsr……….

    Responder

Comenta aqui, gente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: